17 de janeiro de 2008

Cidade Sem Nome



Percorro a Cidade Sem Nome
por entre a multidão
à procura de um som angélico
sem rosto nem emoção
passo o muro e caio no abismo
percorro as vielas sem rumo nem destino

Buracos negros cavados no chão
por seres desesperados
entoando uma canção
embalo dormente do corpo pendente
possuído pela sombra do vício presente



21 comentários:

serenidade disse...

Cidade que tem o nome do coração:)
Vagueia na tua cidade / teu ser, e verás como diminui a ansiedade, ver ter, ver o que já existe, de querer que vá embora o negro que persiste.:)

Nesta cidade que se encontra aqui existe uma musicalidade muito particular e sem dúvida magnifica.

Serenos sorrisos

multiolhares disse...

O som angélico
Feito se sentimentos
Dos buracos negros
Em desespero de sombras
Toca a canção da paixão
Beijinhos
luna

RABISCOS DIGITAIS disse...

adorei teu este blog também!
vou virar freguesa...
tudo muito bonito!
parabéns

vou te linkar

abraços

fátima

Nilson Barcelli disse...

"Tropecei" por mero acaso no teu blogue, que não conhecia.
Li alguns poemas e gostei.
Parabéns pela qualidade poética.

Bfs, abraço

Dark-me disse...

Obrigada pela visita!!
Adorei o teu blog.

Mtos de nós tb percorrem a Cidade Sem Nome. Apesar de nem sempre encontrarmos o que desejamos, o que interessa é não nos perdermos...

Dark kiss

Bichinho disse...

Beijo fantasma.

luar perdido disse...

Percorrer a Cidade sem Nome é dar um salto para o vazio. Hoje sinto-me assim, tropeço em cada buraco negro por entre uma multidão abstracta....

Bom fim de semana, beijo imenso com um nome gravado ; AMIZADE

tita coelho disse...

Versos prontos para virar canção... lindo o ritmo!
beijos

adam brown disse...

look this is the "diet" i told you about you should really enter the site :) bye enter the site

Bichinho disse...

Tenho um miminho no Para Ti.
Beijo fantasma

Sol da meia noite disse...

A eterna procura...
Passamos pela vida, sempre a procurar...

Beijinhos

Papoila disse...

A vida que temos e os caminhos que percorremos...
Beijos
BF

José Miguel Gomes disse...

Espero que encontres...

Fica bem,
Miguel

Jorge Cardoso disse...

de mão dada percorro contigo, caio nos mesmos buracos e levanto-me do castigo, sigo discreto na sombra.



por mais que pensemos que estamos sós
na sombra, há alguém pior que nós!!!

sentido e lindo!!!

Secreta disse...

Uma cidade sem nome , mas repleta de sentires.
Beijito.

MIMO-TE disse...

Lindo, gostei! :)
Eu sou positiva e acho que tudo se pode encontrar basta procurar bem!:)


Mimos meus

NARNIA disse...

Espero que o som que procuras possa chegar aos teus ouvidos, notas musicais celestiais...

impulsos disse...

Sombras que deambulam nas ruas escuras da amargura e da solidão...

Belo e triste poema!

Beijo

Daniel Aladiah disse...

Belo poema!
Um beijo
Daniel

Lira disse...

seque a luz ( do teu coração) e tudo se resolver´s! beijinho e obrigada pelo comentário

Mádá disse...

Vim retribuir a visita ao meu cantinho dos anjos. Adorei os teus blogs, que espero vir em breve a apreciar com mais calma.
Beijinhos Amigos.
Madalena