25 de agosto de 2007

Perfume


O perfume inebriante do teu corpo
enche-me a alma de prazer
liberta feromonas contagiantes
odores errantes
o cheiro de uma mulher

A fragância habita no ar
o desejo no teu leito
o meu corpo desperta
os meus olhos anseiam
os meus lábios deleitam

O impulso é difícil de ocultar
está envenenado pelo odor
o suor começa a escorrer
o sangue a rodear
o calor a exacerbar
o amor a florescer

5 comentários:

serenidade disse...

O perfume de quem se ama é sempre contagiante e extasiante.

Serenos sorrisos

Milla Loureiro disse...

quanto perfume em pétalas aveludadas!!!

adoro rosas!

Joaquim Amândio Santos disse...

sem tréguas porque assim merece a vida para lá da fronteira!

Twlwyth disse...

Este perfume contagia-me os sentidos.

Papoila disse...

Começa... a adrenalina a subir cada vez mais :D :D
é claro que o mesmo faz o cheiro de um Homem.

Beijinhos
BF